O privilégio de mudar vidas
Compartilhe:



Luciane é orientadora do método Kumon e mãe do Fernando, de 5 anos.

Ela conta que o Fernando entrou no Kumon aos dois anos de idade porque quase não falava. Porém, como em um passe de mágica, logo que começou a fazer as atividades do método, desenvolveu a fala e se tornou uma criança agitada. Mas, embora ele seja cheio de energia, quando senta para fazer as atividades do Kumon, Fernando se concentra de uma maneira que encanta todos que observam a sua rotina.

Alfabetizado aos quatro anos, hoje, Fernando já lê e sente carinho pelos livros. “Ele gosta muito de atividades de leitura. Quer comprar e ler livros o tempo todo. Faz parte da sua rotina, inclusive, ler antes de dormir”, conta a mãe e orientadora, com um sorriso no rosto.

Para Luciane, ser orientadora do método Kumon é um privilégio. “Quando um aluno chega à unidade sem saber ler e, semanas depois, já começa a ler algumas páginas e a se desenvolver de forma muito positiva, os pais ficam muito felizes e, eu, emocionada com toda essa mudança na história da vida dessa família, pois percebo o quanto o Kumon é importante na vida deles. Esses momentos e esse carinho faz toda a diferença no nosso dia a dia!”

Conheça mais a história da Luciane e do Fernando no nosso vídeo.

Construa a sua história com o Kumon!
Potencializar o aprendizado é Kumon. Kumon é para a vida.
Encontre abaixo
a unidade
mais
próxima de você :